ABEEólica
15 de junho de 2023 Agência ABEEólica

A indústria eólica está celebrando hoje a marca histórica de 1TW de capacidade instalada global. Levamos mais de quarenta anos para atingir o marco de 1TW, embora com a indústria eólica ganhando força, o próximo TW levará menos de 7 anos para ser instalado, de acordo com dados do Global Wind Energy Council (GWEC), que está organizando uma série de eventos para marcar a conquista.

Este marco de capacidade coloca em foco o papel fundamental que a energia eólica está desempenhando na descarbonização do sistema de energia global e ajudando o mundo a atingir suas metas climáticas e energéticas. De acordo com dados do GWEC, projetos de energia eólica recentemente concluídos na China, EUA, Marrocos e Europa elevaram a capacidade além do limite de 1TW, à medida que a indústria atende às crescentes ambições de governos em todo o mundo. A disseminação e a diversidade desses projetos destacam o alcance global da moderna tecnologia eólica, que se desenvolveu rapidamente nos últimos quarenta anos a partir dos primeiros designs inovadores desenvolvidos em jardins familiares por pioneiros e visionários como Henrik Stiesdal, que estabeleceu a base para a moderna turbina eólica – conhecida como “o conceito dinamarquês”, no final dos anos 1970.

Ben Backwell, CEO do Conselho Global de Energia Eólica, disse: “Este é um grande momento para a indústria eólica, mas também é um momento de comemoração para o mundo inteiro – esta conquista histórica mostra que o caminho para um futuro de energia limpa está aqui. A energia renovável deve estar no centro de nosso esforço coletivo para o Net Zero, com a energia eólica – juntamente com a energia solar fotovoltaica e outras tecnologias de energia renovável – a base sobre a qual nosso novo sistema de energia está sendo construído.

“As histórias dos primeiros pioneiros da energia eólica inspiraram uma geração de inovadores a transformar essas ideias iniciais em um pilar do sistema energético mundial, permitindo novas indústrias limpas e criando milhões de empregos limpos em todo o mundo. Também é hora de reconhecer uma nova geração de pioneiros que já estão impulsionando a próxima era da energia eólica. Chegar a 2TW até 2030 e, eventualmente, 8TW até 2050 exigirá colaboração e cooperação sem precedentes em todo o mundo e a criação de uma nova força de trabalho enorme e diversificada. No GWEC, estamos ansiosos para trabalhar com governos, empresas e comunidades em todo o mundo para tornar essa visão uma realidade”.

Jonathan Cole, ao ser nomeado o novo Chairman do GWEC, disse: “Graças à ambição, engenhosidade e determinação de uma coalizão pioneira de inovadores, GWEC e suas empresas membros, em breve alcançaremos juntos o marco histórico de 1 Terawatt de energia eólica instalado globalmente. Embora seja uma conquista imensa, ainda representa apenas uma pequena parte do que devemos construir nos próximos anos para descarbonizar nosso planeta.

“Para evitar uma catástrofe climática com impactos devastadores em comunidades e ecossistemas em todos os lugares, devemos transformar rapidamente nossas economias, aumentando a capacidade eólica para atingir pelo menos 8 Terawatts até meados do século. Não há tempo e não há necessidade de adiar. Em todos os cenários, investir em energia eólica fornecerá energia limpa, confiável e acessível, aumentando a segurança do abastecimento e a estabilidade de preços e criando empregos sustentáveis. Para alcançar esses benefícios, os setores público e privado devem se unir para acelerar o investimento e abrir caminho para a entrega.”

Elbia Gannoum, presidente da ABEEólica e vice-presidente do GWEC, ressalta: “A indústria de energia eólica está em grande festa com o marco de 1 TW de capacidade global. Olhando só para o Brasil, pulamos de 230 MW em 2006 para 27,4 GW em 2023. Um crescimento exponencial que vai continuar nos próximos anos. As eólicas offshore vão intensificar esse crescimento e fazer do Brasil uma grande potência em energias vinda dos ventos.”

ABEEólica 2024 - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por:

Coletamos dados através de cookies para melhorar o desempenho e segurança do site, além de personalizar anúncios e conteúdos. Para mais informações sobre o uso de cookies, consulte nossa Política de Privacidade e Termos e Condições de Uso.